Voltas...

Neste momento estou numa sala cheia de computadores e outras tantas coisas de informáticos, e pus-me a pensar. Há uns anos atrás, este seria um paraíso para mim.

Desde a minha 3ª classe (portanto, teria 9 anos) que mexo em computadores. Tive o meu primeiro PC com 10 anos, e desde essa altura sempre tive um computador em casa. Sempre ambicionei entrar para a universidade, em informática. Das 6 opções de curso/universidade que se pode escolher ao preencher os impressos para acesso ao ensino superior, 4 preenchi em informática. As outras 2 ficaram em branco...

Neste momento, encontro-me no meio de tudo aquilo com que sempre sonhei. Computadores, routers, switches, e todos aqueles "brinquedos" geeks que fazem um informático sorrir. E só me apetece desliga-los todos e sair daqui. De vez.

Queria poder ir até uma praia, sentar-me na areia, ver o mar e escrever. Queria fazer da minha vida as palavras que escrevo. Queria poder escrever o meu futuro, os meus dias, os meus sonhos. Não quero ser vidente ou controlar o meu destino. Quero apenas escrever o que quero viver.

Com papel e caneta.
Não com teclado e rato.

5 comentários:

Abobrinha disse...

Meu menino

Então escreve! Estou a falar a sério: sai, pega num caderno e uma caneta todas catitas e escreve. Sem destino, sem objectivos, só pelo prazer de ver a caneta contorcer-se no papel.

Mas muito a sério: arranja um passatempo que envolva ar livre e/ou fazeres coisas com as mãos. Que não só teclar, claro!

A Gata Christie disse...

Como eu te compreendo... Toda a vida sonhei trabalhar com crianças, mas ao fim de alguns anos de trabalho tenho momentos em que me sinto saturada e procuro locais onde não entrem crianças.
Os nossos sonhos, as ambições, quando concretizadas, por vezes envolvem-nos de tal forma que nos sufocam!
Se o teu escape é a escrita, a verdadeira e não a virtual, então escreve!

Eu mesma! disse...

Meu lindo...
eu também já tive muitos sonhos... uns concretizaram-se e outros... a vida fez-me avançar para sonhos diferentes....

talvez a minha atitude possa ter sido cobarde... deveria ter lutado mais por eles mas... existem momentos na nossa vida em que apenas o facto de se respirar custa quanto mais lutar....

quanto a ti....
luta pelos teus sonhos...

se queres escreve... escreve... seja com papel e tina seja com teclados e monitores mas... nao deixes de lutar pelos teus sonhos!

Jinhos

Eu mesma! disse...

prémio do meu lado!
passa por lá!

Jinhos

Eu mesma! disse...

desafio do meu lado para ti!

Enviar um comentário

 
Copyright © Um copo com...